INSTITUTO DOAR

O Instituto DOAR, é uma atividade que promove um “Selo”, o Selo Doar tem como objetivos incentivar, legitimar e destacar o profissionalismo e a transparência nas organizações não-governamentais brasileiras, na forma de um atestado independente de sua adequação aos Padrões de Gestão Profissional e Transparência (PGT) ou o que passamos a denominar, a pedido das próprias organizações, de Selo Doar.

O PGT ou Selo Doar, foi elaborado a partir de uma extensa pesquisa dos conceitos e critérios adotados por diferentes organismos nacionais e internacionais, da literatura especializada em avaliação de organizações sem fins lucrativos e das práticas de empresas receptoras e concessoras de recursos para fins sociais e ambientais. O Selo Doar pode ser resumido em cinco grandes campos:

Causa e estratégia de atuação: Este campo aborda a clareza das informações sobre a causa adotada pela organização, dos propósitos e das estratégias traçadas.

Representação e responsabilidade: Esta área trata dos processos que asseguram a legitimidade e o cumprimento das responsabilidades dos representantes da organização, dentro e fora dela.

Organização e gestão institucional: São contempladas neste campo questões relacionadas às condições institucionais necessárias para a execução adequada das ações realizadas pela organização, incluindo o planejamento e o monitoramento contínuo de suas atividades.

Estratégia de financiamento: Nesta área são abordados os fundamentos e as práticas que são adotadas com o objetivo de assegurar os recursos financeiros necessários para o cumprimento dos objetivos da organização, garantindo sua sustentabilidade.

Transparência, prestação de contas e comunicação: A transparência é um dos pilares do selo, e por isso permeia todos os demais campos. Esta área específica trata da necessidade de divulgação das principais informações da organização, e da existência de canais de comunicação.

Selo Doar é um Certificado para atestar a adequação ao Padrão de Gestão e Transparência do Terceiro Setor.

Slide3

 

 

Slide4

O PROJETO “ESSÊNCIA: ALIMENTAÇÃO DE QUALIDADE À MÃO”

O PROJETO “ESSÊNCIA: ALIMENTAÇÃO DE QUALIDADE À MÃO”, da Sociedade Filantrópica Semear, de Medianeira, um dos premiados na edição de 2018 do Banco de Projetos – ação do Programa Força Voluntária da Itaipu, foi reconhecido pelo Prêmio SESI ODS 2019. A cerimônia de premiação aconteceu em Curitiba, na última quinta-feira (5).

Indicada por colegas voluntários da Itaipu a participar do Banco de Projetos, a Semear foi contemplada com o valor de U$ 7.969,19 para viabilizar a ideia, que envolve a criação de uma horta suspensa para atendimento de todas as crianças e jovens apoiadas pela instituição. 

Na cerimônia, a entidade recebeu o Selo SESI ODS 2019 pelo projeto, classificando-se entre as cinco finalistas do Estado para receber o prêmio SESI ODS como Organização da Sociedade Civil a nível estadual – a única do interior do Paraná. O prêmio foi recebido pela coordenadora da entidade, Leci Desbessel (abaixo). 

“Foi uma grande conquista e a definição do trilho que estamos percorrendo”, conta Leci. “Isso faz com que tenhamos certeza de que estamos tomando as decisões certas, direcionando nosso trabalho a bons resultados”, complementou a coordenadora.

O voluntário Pablo Carniel, da Divisão de Almoxarifados (MTAA.DF), foi um dos responsáveis pela indicação da Semear ao Banco. Segundo ele, o reconhecimento pelo SESI traz esperança para o futuro da entidade, que também desenvolve projetos envolvendo compostagem de água, oficinas de música, entre outros. “É uma vitória incontestável”, avalia Pablo.

Slide2 Slide1

https://jie.itaipu.gov.br/conte%C3%BAdo/projeto-apoiado-pela-itaipu-%C3%A9-reconhecido-no-pr%C3%AAmio-sesi-ods-2019